ATO CONTRA DESEMPREGO ENCURTA TRAJETO DO VLT NO CENTRO DO RIO.

ATOVLTBR.jpg

Cerca de 50 pessoas interromperam nesta quarta-feira o funcionamento do VLT no Centro do Rio no cruzamento das avenidas Rio Branco e Presidente Vargas, na altura da estação Candelária. O protesto é organizado pelo grupo SOS Emprego, formado por ex-funcionários da Comperj, da Reduc e do estaleiro Mauá entre outras grandes companhias. A manifestação, que começou por volta das 14h, encurtou o trajeto dos bondes.

whatsapp-image-201606291jpegO VLT passou a fazer o trajeto entre a estação São Bento, uma antes da Candelária, até a Parada dos Navios. No sentido oposto, os bondes circulam apenas entre o Aeroporto Santos Dummont e a estação Sete de Setembro. A Polícia Militar e a Guarda Municipal acompanham o protesto, orientam o trânsito para não ter uma confusão. A estação Candelária está fora de operação.

Nosso objetivo é alertar a população para a grave situação de desemprego e o descaso das autoridades com relação a esse assunto. Escolhemos o VLT porque foi uma obra em que foram investidos muito recursos que poderiam ser revertidos para outras áreas, como Educação e Saúde. Nossa ideia é fazer um ato ainda maior no dia 6 — afirmou Alexandre Lopes, 41 anos, soldador que já trabalhou em projetos da Petrobras e está há um ano e oito meses parado: — Qual o sentido de ter Olimpíada numa cidade que tem 198.700 desempregados? Eu não vou poder ver os jogos estando desempregado.

O ato terminou por volta das 15h, de forma pacífica.

Fonte: Extra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s